how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasFri, 26 Jan 2024 20:26:56 +0000pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=6.2.4how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/de-olho-no-carnaval-empreendedores-se-preparam-para-atender-demanda-e-miram-em-parcerias-para-expandir-vendas/Fri, 26 Jan 2024 20:20:39 +0000https://www.ilyyt.com/?p=19949O esquenta do comércio para receber os clientes no Carnaval já começou. Só no ano passado, a data movimentou cerca de R$ 8 bilhões no Brasil, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Impulsionamento de postagens, envio de promoções para clientes e elaboração de itens personalizados para as festividades são algumas ideias que já começam a sair do papel para atrair novos olhares, concluir as vendas e conquistar mais clientes.

A data também estimula novas oportunidades com vagas temporárias para profissionais voltados para a área da limpeza e cozinha, por exemplo. Ou seja, de turismo a bebidas e serviços, o Carnaval pode ser oportuno para microempreendedores individuais (MEI) e micro e pequenas empresas (MPE).

Para a dona de uma empresa de peças feitas à mão Ana Paula Ribeiro Horiuti, mesmo que a cidade de Campo Grande (MS) não tenha uma forte tradição carnavalesca, o trabalho dela com os adornos para o cabelo é único e conquistou uma clientela fiel. “As vendas para outros estados estão crescendo todos os anos. A procura por adereços já começou, mas uma coisa não muda, todos deixam para a última hora”, explica a empresária.

-

Ela ainda comenta que além de ter um Instagram, onde acontecem 80% das ações de venda e divulgações, encontrou na parceria com duas outras lojas a oportunidade de lucrar mais. “No início, minhas peças eram para consumo próprio e para presentear as amigas, depois passei a expandir na internet e no comércio de outras pessoas. Além disso, me profissionalizei no ano passado. O Sebrae Delas foi fundamental para me capacitar, principalmente o Empretec. As consultorias e trocas de experiências com outras pessoas também modificaram minha maneira de ver o meu trabalho. Eu entrei como uma mãe que trabalha em casa, e saí uma mulher empreendedora, com metas e fluxo de caixa”, ressalta Ana Paula.

Segundo o analista-técnico do Sebrae/MS Carlos Henrique Oliveira, mesmo que a empresa não tenha uma atividade ligada ao Carnaval, é importante se preparar para a data e, por isso, reforça sobre a capacitação do empreendedor. “É essencial pensar no tema Carnaval ou qualquer outra data comemorativa, pensar ‘fora da caixinha’, como dizem. O empreendedor pode atrelar à prestação de serviço, comércio ou empresa, e buscar parcerias para conseguir expandir e aproveitar esse engajamento do Carnaval para conquistar clientes, coisas que são aplicadas em um curso, por exemplo”, elucida o analista.

No Carnaval, também ganham espaço as confecções voltadas para pets.

É assim que a Patricia Maas enxerga essa oportunidade. Ainda no segmento da moda, mas contemplando os animais de estimação, Patrícia confecciona roupas e acessórios para pets há mais de oito anos. “Por terem bloquinhos de pets, elaboro uma coleção-cápsula, ou seja, com uma quantidade menor de peças do que uma coleção tradicional, específica para a folia. Ainda dou descontos para quem já é cliente e para quem está comprando pela primeira vez”, expõe a empreendedora.

Mais do que inovar quando se fala em produtos para a data, o analista reforça que é preciso fazer uma boa divulgação para o público e ter o ambiente digital como aliado nesse processo. “É preciso fazer, pelo menos, o básico nas redes sociais. O empresário não pode ter medo de se expor. Precisa aparecer e criar essa aproximação e identificação com o cliente”, comenta.

Leocedir Aparecida Barbosa tem colocado em prática essa dica com postagens diárias e catálogo de produtos. Ela é proprietária de duas lojas no interior do Mato Grosso do Sul: Reino das Fantasias e By Laços da Léo. “Foi através dos laços que eu fazia para minha filha, porque em 2015 não se encontrava com facilidade na minha cidade, e das mães das coleguinhas da creche que pediam encomendas também, que veio a necessidade de ter uma loja de fantasias para combinar com os adereços”, relata. Além disso, a empresária conta que o diferencial está na parceria que firmou com um estúdio de fotos, promoters e casa de festas.

“É preciso encontrar animação em datas festivas, mesmo se o seu negócio não for ligado a ela. Não deixar de expor sua vitrine. Estar engajado, principalmente, no atendimento on-line; fazer relação do estoque, qual o tipo de produto necessário para estocar. Ou, servir como um ponto de apoio: temos um pessoal que não gosta de viajar. Aproveitar e oferecer produtos e serviços que tem a ver com esse cuidado: de que forma você pode se tornar um suporte para a pessoa que não quer ‘curtir’ o Carnaval? Se você fizer uma entrega, de que forma você pode fazer isso de uma forma diferente?”, finaliza o analista-técnico Carlos Henrique.

Para o empreendedor que quer inovar no carnaval e precisa de suporte, o Sebrae/MS oferece várias opções de capacitações gratuitas por meio do portal da instituição. Mais informações também podem ser obtidas através da Central de Relacionamento, basta ligar para 0800 570 0800.

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/programa-do-sebrae-voltado-as-mulheres-se-consolida-em-2023-e-chega-a-todos-os-estados-do-pais/Wed, 03 Jan 2024 13:09:27 +0000https://www.ilyyt.com/?p=19522O programa que incentiva, valoriza e acelera a jornada de mulheres que empreendem ou querem empreender conquistou todos os estados do país. O Sebrae Delas, em 2023, se consolidou como ferramenta de apoio e fortalecimento do empreendedorismo feminino e é ofertado por todo o Sistema, inclusive nas unidades localizadas no interior do Brasil. No total, mais de 150 mil mulheres foram atendidas por meio da cursos, consultorias e mentorias para o desenvolvimento de competências emocionais.

A coordenadora nacional do Sebrae Delas, Renata Malheiros, aponta que o tema empreendedorismo feminino está avançando e ganhando cada vez mais em destaque. No entanto, há ainda grandes desafios para serem superados. De acordo com pesquisa encomendada pelo Sebrae, as mulheres têm menos apoio para abrir ou gerir pequenas empresas, gastam quase o dobro de horas com cuidados com a família do que os homens e mais de 40% delas já sofreram ou conhecem alguém que passou discriminação por causa do gênero.

De uma maneira geral, tem mudado a perspectiva em relação ao empreendedorismo feminino. No entanto, há desafios enormes, que são culturais, e falar mais sobre o tema, ter homens como aliados, faz essa mudança ser acelerada neste longo caminho que temos pela frente.
Renata Malheiros, coordenadora nacional do Sebrae Delas.

Uma das mulheres que foram atendidas pelo programa é a Lillian Miyuri Yamauchi, proprietária da “Mimos para Todos”, um e-commerce de brinquedos educativos, pedagógicos e inclusivos sugerido pela filha para ficarem mais próximas. “Foi na primeira mentoria do Sebrae Delas que eu descobri a importância do autoconhecimento e vi que eu não dava valor a mim mesma”, conta Lillian. Os cursos e mentorias deram tão certo, que o negócio só vem crescendo – ela já foi microempreendora individual  (MEI) e agora está migrando de microempresa (ME).

Lilian Yamauchi conta que nesses dois últimos anos sofreu golpes na empresa que a fizeram pensar em desistir, mas encontrou apoio no Sebrae Delas, no Programa Agente Locais de Inovação (ALI) e do Comitê de Empreendedorismo do Grupo Mulheres do Brasil. “Me fizeram acreditar que sou capaz e, hoje, apesar dos desafios, tenho uma equipe maravilhosa que trabalha comigo”, ressalta. Por isso, sempre indica o programa Sebrae Delas para outras mulheres. “Algumas até acham que trabalho no Sebrae”, brinca. “Me perguntam se a inscrição deu certo, tiram dúvidas. Fico feliz em divulgar um trabalho que tem me ajudado tanto.”

Próximasetapas

Para 2024, a perspectiva é ampliar um olhar para as mulheres de forma interseccional, a exemplo das mulheres negras, com deficiência, periféricas, com mais de 60 anos, entre outras. Por isso, a iniciativa integrará o Programa Plural, a mais recente iniciativa do Sebrae voltada à diversidade e inclusão. “Sabemos que, na diversidade, temos mais ideias diferentes, que é um princípio da inovação, que está diretamente ligado à competitividade”, afirma Renata Malheiros.

Além disso, o objetivo para o próximo ano é ampliar parcerias com organismos internacionais para reforçar a agenda de diversidade e inclusão. No último mês de novembro, a atuação do Sebrae em apoio ao empreendedorismo feminino ganhou a atenção da Organização dos Estados Americanos (OEA) que visitou a sede da entidade, em Brasília, para conhecer as soluções do Sebrae voltadas para as mulheres.

Sebrae Delas

OSebrae Delas é um programa que incentiva, valoriza e acelera a jornada de mulheres que empreendem ou querem empreender. Isso porque, quando uma mulher empreende, ela gera emprego e renda, faz a economia girar e encoraja a participação de outras mulheres nos negócios.

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/dados/preconceito-mais-de-40-das-empreendedoras-ja-sofreram-ou-conhecem-mulheres-vitimas-de-discriminacao/Mon, 20 Nov 2023 12:04:06 +0000https://www.ilyyt.com/?p=18524O preconceito ainda é um dos principais fatores que limitam o crescimento das mulheres no mundo do empreendedorismo. De acordo com pesquisa do Sebrae, 42% das empreendedoras brasileiras já presenciaram situações de preconceito contra outra mulher dona de negócio e 25% já sofrerem na própria pele atitudes discriminatórias.

A região que registrou a maior proporção de mulheres donas de negócio que identificaram atitudes preconceituosas foi a região Sul (47%), seguida por Nordeste e Centro-Oeste (42), Norte (41%) e Sudeste (39%). O estado do Amapá teve a maior número de citações (56%), com Paraná (53%) e Rio Grande do Norte (51%), na sequência.

A diretora de Administração e Finanças do Sebrae, Margarete Coelho, lembra que toda forma de preconceito contra mulheres deve ser enfrentada com educação e políticas públicas.

A proporção de empreendedoras à frente de um negócio no Brasil ainda está distante do peso e da participação delas na própria sociedade brasileira. Enquanto as mulheres representam 52% da população em idade ativa, no universo do empreendedorismo elas estão à frente de 34% do total de empresas.

Margarete Coelho, diretora de Administração e Finanças do Sebrae.

Sebrae Delas

É um programa do Sebrae que incentiva, valoriza e acelera a jornada de mulheres que empreendem ou querem empreender. É uma forma de orientar, inspirar as empreendedoras a vender mais, aumentar seus lucros, conquistar novos clientes e fechar novos contratos. Nos últimos cinco anos, o Sebrae já atendeu mais de 14,2 milhões de empreendedoras.

Saiba mais aqui.

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/mulheres-no-comando-de-startups-os-caminhos-do-empreendedorismo-feminino-na-inovacao/Wed, 01 Nov 2023 12:32:33 +0000https://www.ilyyt.com/?p=18062De acordo com o Startups Report Brasil, divulgado pelo Observatório Sebrae Startups, o número de mulheres à frente de negócios inovadores ainda é pequeno. Dos 14.089 líderes no quadro societário das empresas atendidas pelo Sebrae, 10.022 (71,13%) são do gênero masculino. Já pessoas do gênero feminino lideram apenas 3.302 (23,44%) startups.

No entanto, o esforço da instituição em apoiar o empreendedorismo feminino na inovação fica evidente se comparado ao ecossistema de startups no Brasil. Dados do Mapeamento do Ecossistema Brasileiro de Startups 2021, da Abstartups, indicam que apenas 17% das startups no Brasil possuem mulheres como fundadoras. E, dentre as empresas atendidas pelo Sebrae, esse percentual é maior, como apresenta a amostra analisada.

É o caso da Buuk, fundada pela gaúcha Ravine Gonçalves e pela paulista Érika Lima. A empresa, de base tecnológica B2B, atua com marketing e planejamento na indústria 4.0 nas áreas de manufatura, engenharia e qualidade. Segundo Ravine, a trajetória com o Sebrae é longa e começa em 2014, antes mesmo da startup sequer ser fundada. “Eu só estou no lugar que eu estou porque um dia, lá em 2014, eu fui numa oficina do Sebrae na Feira do Empreendedor. E lá eu aprendi a fazer o canva com um dos rapazes do Sebrae que estava no estande”, Ravine lembra.

Ela conta que ele trouxe alguns pontos e provocações que a fizeram pensar que poderia aplicar isso para o marketing, que é a sua área de formação. “Eu comecei a fazer aquilo no meu trabalho e eu faço até hoje. A minha spin off está baseada nisso”, revela. A partir daí, o contato com o Sebrae só cresceu. Recentemente, astartup esteve presente no Startup Summit 2023 como uma das selecionadas pelo Programa 1k+, iniciativa da plataforma Sebrae Startups que levou cerca de milstartups para exporem durante um dia do evento.

O Startup Summit foi o principal evento da história da Buuk e eu vou dizer isso para sempre, porque foi o primeiro. Para nós, foi um divisor de águas.

Ravine Gonçalves, uma das fundadoras da Buuk.

Érika Lima e Ravine Gonçalves, fundadoras Buuk, no Startup Summit 2023. Foto: divulgação.

Ravine lembra, emocionada, que no ano anterior foi a um congresso pelo Sebrae e pensou que nunca teria uma oportunidade de ter um estande em um evento. “Lá, eu vi uma agência e pensei: ‘Nossa, a minha empresa nunca vai expor em um lugar assim porque é muito caro e eu nunca vou ter dinheiro para isso’. Quando veio o Programa 1k+, eu me inscrevi pensando que não iria passar, mas foi a melhor decisão que eu tomei nos últimos cinco anos”, conta.

Segundo ela, estar no Startup Summit 2023 abriu muitas oportunidades de negócio, de conexão com pessoas e até mesmo de empoderamento. “Ele trouxe muito essa questão do empoderamento feminino, de me dar mais autoconfiança. Eu estava ali com acesso a tantas pessoas incríveis! Fiz contatos que eu vou levar para o resto da minha vida.”

Além disso, Ravine Gonçalves foi a 2ª colocada no prêmio Sebrae Mulher de Negócios de Santa Catarina deste ano. “Eu vim de uma infância que não era tão possível, sempre foi tudo muito escasso e, muitas vezes, o sonho ficava para depois. Quando eu recebi aquele prêmio parecia que eu estava lá naquela oficina, em 2014. Eu nunca imaginei que eu ganharia. Se eu soubesse que naquela oficina do Sebrae eu começaria e que isso me faria chegar a um prêmio, não teria dormido mais”, brinca.

Segundo ela, foi a concretização de um sonho que fez valer a pena todo o empreendedorismo que viveu até hoje. “Poder também contar minha história para outras meninas e mulheres, que às vezes não acreditam, e dizer que tudo é apenas mais um passo”, afirma Ravine. A empresa também está integrada ao Programa Mulheres+Tec, da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) e do Sebrae, que apoia líderes femininas, além de fazer  parte da trilha Empreendedora Tech do Sebrae Delas.

Sebrae fomenta o empreendedorismo feminino

Além de representarem uma parcela um pouco maior nasstartups atendidas, as mulheres atendidas pelo Sebrae ainda contam com iniciativas e premiações voltadas exclusivamente para elas. É o caso do Sebrae Delas, programa que há quatro anos capacita mulheres em uma trilha que desenvolve, principalmente, soft skills.

Pela primeira vez neste ano, o Sebrae Delas teve umlounge no Startup Summit 2023. Foram mais de 70 atrações durante o evento, com conteúdos entre palestras e mentorias. Em um espaço diferenciado, mais de 120 mulheres compartilharam as suas experiências e os seus conhecimentos para outras mulheres que estavam no Startup Summit, com o intuito de fortalecer, desenvolver e fomentar ainda mais o empreendedorismo feminino no ecossistema de inovação.

-

Sebrae Delas promove palestras e trilhas de conhecimento durante o Startup Summit 2023. Foto: Divulgação.

“Sabemos que os números de mulheres no ecossistema de inovação ainda são tímidos. Mas, cada vez mais, o Sebrae tem trazido essas oportunidades para elas”, conta Marina Barbieri, gestora do Sebrae Delas no Sebrae de Santa Catarina. Ela reflete que empreender ainda é algo muito masculino, principalmente nos setores de tecnologia e inovação.

De acordo com Marina, as mulheres ainda enfrentam muitas dificuldades básicas, como machismo, preconceito, falta de apoio, insegurança, falta de visibilidade e de outras mulheres que sirvam como inspiração.

É um caminho muito tortuoso em que muitas, de fato, escolhem não trilhar. Então, quando criamos todos esses instrumentos no Sebrae Delas, foi pensando em acolher e mostrar para elas que é um ambiente seguro. Aqui, elas podem se desenvolver e se conectar com outras mulheres, fazer parte de uma rede e se fortalecer cada vez mais.

Marina Barbieri, gestora do Sebrae Delas no Sebrae de Santa Catarina.

Sobre o Sebrae Startups

A plataforma Sebrae Startups agrega iniciativas de capacitação, conexão e fortalecimento de empresas em early stage para fomentar o empreendedorismo inovador em todo o Brasil. O novo projeto engloba a capilaridade e a força da marca Sebrae para criar a maior rede de startups da América Latina. O objetivo é desenvolver o setor tecnológico em todas as regiões do país.

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/feira-do-empreendedor-tem-espaco-exclusivo-para-o-empreendedorismo-feminino/Tue, 10 Oct 2023 14:55:12 +0000https://www.ilyyt.com/?p=17528AFeira do Empreendedor 2023 (FE23), do Sebrae-SP, vai ter um espaço de destaque para o empreendedorismo feminino. Em 616 metros quadrados, o estande Sebrae Delas by Gazin vai oferecer 40 horas de programação e mais de 40 atrações, incluindo palestras, painéis, talk show e mentorias. Em um ambiente feminino, o espaço vai ser um facilitador do acesso a informações, inspiração, orientação, ideias e oportunidades. Também haverá no Sebrae Delas expositoras vendendo seus produtos e podendo, assim, fomentar seu mercado.

Durante os quatro dias de evento, serão abordados temas como crédito, comunicação, inovação, liderança, marketing entre outros.

O Sebrae Delas é um espaço acolhedor para a mulher que já tem um negócio próprio e para a futura empreendedora; é um local para levar capacitação e direcionar a mulher como protagonista da sua vida e da sua empresa.
Verônica Lima, gestora estadual do Sebrae Delas.

A Gazin, atacadista de semijoias e patrocinadora do espaço, vai estar presente com uma loja estilo showroom e levará a empresária, modelo e influencer Marília Boaretto para dar a palestra “Os sete estilos universais”.

AFE23

A edição 2023 da FE23 vai ocorrer de 16 a 19 de outubro, das 10h às 20h, no São Paulo Expo. O evento ocorrerá em um espaço ainda maior em relação a edição anterior: a área das atrações passará de 45 mil m² para 52 mil m². No ano passado, o evento registrou 125 mil visitantes com movimentação de mais de R$ 550 milhões em negócios fechados.

Confira os temas das palestras:

16 de outubro

11:20 – Lançamento crédito para mulheres

12:10 – Empreendedorismo como ferramenta de transformação

13:20 – Benefícios e tributos

14:10 – A dona do negócio – o poder da autoralidade

15:20 – Jornada do cliente lucrativa

16:10 – O perfil do novo empreendedor em tempo de unicórnios

17:20 – O segredo por trás da comunicação influente

18:10 – Síndrome da impostora

-

17 de outubro

11:20 – Mulheres na Inovação

12:10 – Venda de verdade!

13:20 – Propósito

14:10 – Os desafios da liderança feminina

15:20 – Honre sua história

16:10 – Não precisa ser uma mulher-maravilha para ser incrível!

17:20 – Ser feliz é simples, mas não é fácil

18:10 – Finanças

-

18 de outubro

11:20 – Os espinhos da rosa: a improvável jornada da maior investidora anjo do País

12:10 – Empreendedora raiz: da persistência a resiliência, uma história de amor ao empreendedorismo

13:20 – O protocolo “Não se Cale” como medida de reputação da empresa

14:10 – Painel: empreender em rede é bem melhor

15:20 – empreendedorismo feminino, Machismo e outras coisas

16:10 – Mulheres que decidem vencer

17:20 – Energia direcionada = melhores resultados

-

19 de outubro

11:20 – Estratégias de vendas para empreendedoras

13:20 – DNA da Longevidade

14:10 – Mulheres empreendedoras: como superar os perrengues e prosperar

15:20 – Marketing de relacionamento

16:10 – Sucesso é escolha

18:10 – Descubra-se – Sebrae Delas

Serviço:

FE23

Data: 16 a 19 de outubro, das 10h às 20h

Local: São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes, 1,5 km – Vila Água Funda, São Paulo

Informações e inscrições: http://fe23.sebraesp.com.br

Entrada gratuita

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/barbie-do-morro-sera-criada-por-empreendedoras-de-comunidade-de-belo-horizonte/Fri, 15 Sep 2023 19:46:28 +0000https://www.ilyyt.com/?p=16705Empreendedoras do Morro das Pedras, da Região Oeste da capital mineira, estão criando a “Barbie” do morro. As mulheres fazem parte do projeto Ully – uma iniciativa social que incentiva o empreendedorismo feminino na comunidade -, que tem o apoio do Sebrae Minas para o desenvolvimento e a produção de bonecas de pano que vão retratar características físicas e de estilo de vida das moradoras do aglomerado. A trajetória do projeto Ully e seu impacto na vida de mais de 800 mulheres da comunidade e entorno serão apresentados durante a Expo Favela Minas. O painel terá a participação da idealizadora do projeto Ully, Eliete Jesus dos Santos, e será realizado nesta sexta-feira (15), às 17h, na sede do Sebrae Minas, em Belo Horizonte.

Desde 2017, o projeto Ully tem oferecido cursos e oficinas de fabricação de salgados, bolos e pães caseiros, costura, crochê, além de serviços de beleza, como aplicação de cílios e técnicas de tranças e de massagem redutora para que as mulheres do Morro das Pedras e entorno. O objetivo é acolher e orientar as moradoras para que tenham uma alternativa de ocupação e geração de renda, já que muitas delas passaram por situação de vulnerabilidade social e até mesmo violência doméstica. Atualmente, participam do projeto 180 mulheres da comunidade. “Queremos prepará-las para que possam ser donas de suas próprias vidas, sejam mais independentes e ganhem autoestima para que sigam em frente, criem seus filhos e tenham uma opção de sustento para suas famílias”, explica Eliete.

A ideia de criar uma “Barbie” do morro veio de uma situação vivenciada por Eliete, no Dia das Crianças, em outubro do ano passado, quando recebeu a doação de duas bonecas. Porém, a quantidade recebida não era suficiente para as mais de 60 meninas à espera do brinquedo. “No momento, pensei: ‘comprar não é uma opção, então por que não podemos produzir bonecas que retratam a nossa essência e realidade?’”, conta a idealizadora do projeto.

Em 2023, o projeto passou a ter o apoio do Sebrae Delas, uma iniciativa do Sebrae que incentiva e fortalece a cultura empreendedora entre as mulheres. A partir deste ano, as mulheres irão participar de oficinas do programa “ELA Pode”, do Instituto Rede Mulher Empreendedora com o apoio do Google.

Além disso, 18 participantes do projeto Ully serão capacitadas para a confecção das bonecas e para a criação do protótipo que será desenvolvido por uma consultoria contratada pelo Sebrae Minas. A expectativa é que parte dos brinquedos sejam doados para as crianças da comunidade já cadastradas no projeto, os demais serão vendidos a preços acessíveis.

Além da consultoria dedesign de produto, as mulheres do projeto Ully também vão participar das capacitações gratuitas do Jornada Empreendedora, que integra as ações do programa “Comunidade Empreendedora”, uma iniciativa do Sebrae Minas para impulsionar a competitividade dos pequenos negócios das favelas mineiras, melhorando a gestão desses empreendimentos, estimulando a cooperação, criatividade e gerando novas oportunidades de negócios nas periferias do estado.

Perfil 

De acordo com a pesquisa “Empreendedorismo nas Favelas de Minas Gerais”, feita pelo Sebrae Minas em parceria com o Data Favela /Instituto Locomotiva, em 2022, em comunidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte e do interior do estado, a maioria (75%) das empreendedoras das comunidades mineiras são negras, 45% têm entre 30 e 45 anos e 44% possuem até o Ensino Fundamental completo. Além disso, sete de cada dez mulheres que têm um negócio são mães.

Em relação ao tipo de empreendimento, 32% das mulheres das favelas mineiras têm negócios no setor de prestação de serviços, 31% se dedicam ao comércio de produtos feitos por terceiros e 29% atuam com a produção e venda de bens e produtos artesanais. Já as atividades em que há um maior número de empreendedoras atuando são: beleza e estética (29%), alimentação e bebidas (26%) e vestuário e acessórios (15%).

 Sobre a Expo Favela Minas

A primeira edição do evento em Minas Gerais será realizada nos dias 15 e 16 de setembro, das 9h às 18h, na sede do Sebrae Minas, localizada na Avenida Barão Homem de Melo, 329, no bairro Nova Granada, em Belo Horizonte. Na programação, palestras, workshops, exposições, Rodadas de Negócios, pitches de startups, mentorias, debates, área infantil, gastronomia, feira, shows, e outras atividades voltadas para moradores das favelas de Minas Gerais e do Brasil. Inscrições e a programação completa no site da Sympla.

Expo Favela Minas

15 e 16 de setembro, das 9h às 18h

Sebrae Minas – Avenida Barão Homem de Melo, 329 – Nova Granada

Belo Horizonte/MG

Inscrições: https://www.cfjxdc.com

Painel do Projeto ULLY

Dia 15 de setembro, das 17h às 18h

Auditório 3

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/mulheres-inspiradoras-contam-suas-historias-no-provoque-a-mudanca/Sat, 26 Aug 2023 11:15:49 +0000https://www.ilyyt.com/?p=16215Incentivar o público feminino a empreender é uma das bandeiras defendidas pelo Sebrae. Nesse sentido, a série de vídeos “Provoque a Mudança” foi criada para compartilhar as opiniões de mulheres relevantes para o empreendedorismo feminino e atuantes na busca de igualdade de gênero no mundo dos negócios.

São 14 vídeos em formato de pílulas com temáticas que encorajam e incentivam futuras empreendedoras a seguirem seus sonhos. O conteúdo desse projeto reforça que a cor, o gênero e o lugar não podem definir ou rotular uma mulher.

Nada melhor para cumprir esse objetivo do que mulheres que são referência na nossa sociedade. Pensando nisso, os vídeos contam com a participação de nomes como o da ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco; da vice-governadora do Distrito Federal, Celina Leão; da Fundadora do Grupo Glória, Cristina Castro; e da diretora geral do Senado, Ilana Trombka.

“Nessas duas décadas em que atuei no Brasil e fora observei que, em sua maioria, as equipes de tecnologia são formadas por homens brancos, cisgênero e acima de uma certa idade. Esse lugar de diálogo dessa era digital é o momento para acelerarmos essas transformações e a possibilidade de dialogarmos sobre o reequilíbrio desses espaços”, defende Nina Silva, fundadora do movimento Black Money. Em sua participação no Provoque a Mudança, ela traz uma reflexão sobre o domínio de homens brancos no mundo da tecnologia.

A produção também conta com o depoimento de colaboradoras do Sebrae, como a diretora de Administração e Finanças, Margarete Coelho, da coordenadora do Programa Sebrae Delas, Renata Malheiros, e da diretora de Administração e Finanças do Sebrae Maranhão, Édila Neves.

Quer acompanhar essas histórias? Parte da série de vídeos já está disponível no canal do Sebrae no Yotube. Assista!

Conheça o programa Sebrae Delas

Voltado especialmente para as empreendedoras, o Sebrae Delas incentiva, apoia e fortalece o empreendedorismo feminino por meio do desenvolvimento de competências. É um programa de aceleração com o objetivo de aumentar a probabilidade de sucesso de ideias e negócios liderados por mulheres. O Sebrae Delas também incentiva o contato entre as empreendedoras para que elas construam uma rede de apoio e o compartilhamento de problemas e soluções na gestão empresarial.

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/startup-summit-2023-reforca-compromisso-com-acoes-de-esg/Thu, 24 Aug 2023 11:30:38 +0000https://www.ilyyt.com/?p=16125Em sua 6ª edição, o Startup Summit retorna com uma abordagem ESG refletida em ações de empoderamento feminino, responsabilidade ambiental, inclusão social e aprimoramento da governança das startups. O evento segue até sexta-feira (25) em Florianópolis (SC)

“Com uma série de iniciativas inovadoras, o evento traz uma experiência transformadora e fortalece seu compromisso com o impacto social e ambiental. Esta edição promete ser uma verdadeira experiência enriquecedora para os participantes, promovendo diversidade, sustentabilidade e excelência empresarial”, diz Natália Bertussi, head de Startups do Sebrae.

Espaço do Sebrae Delas no Startup Summit 2023. Crédito: Cristiano Andujar.

Empreendedorismo feminino ganha destaque com o Sebrae Delas

Com a intenção de aumentar a presença feminina no evento, o Sebrae Delas teve uma importante participação no desenvolvimento da programação de 2023. A iniciativa deu frutos significativos, com um aumento de palestrantes do sexo feminino, ultrapassando pela primeira vez o número de palestrantes masculinos. Antes da parceria, o evento contava com 40 palestrantes mulheres de um total de 127. Agora, esse número subiu para 116 mulheres de um total de 208 palestrantes, impulsionando a diversidade de vozes e perspectivas.

Compromisso com sustentabilidade: gestão de resíduos e copos

Com a colaboração de parceiros como Trashin, MeuResíduo, Papirus e Irani, o evento implementou um plano completo de gestão de resíduos, incluindo distribuição estratégica de coletores, treinamento da equipe defacilities e divulgação transparente de dados sobre resíduos coletados. A utilização de copos descartáveis de papel também foi cuidadosamente planejada, com uma parceria estabelecida com a Papirus para garantir a destinação adequada.

Inclusão social e educação empreendedora: capacitação de jovens vulneráveis

O Startup Summit, em parceria da Comunidade Empreendedora e da Junior Achievement, receberá 410 jovens, que terão a oportunidade de participar do evento gratuitamente, recebendo credenciais, transporte e alimentação. Essa ação visa inspirar e educar a próxima geração de empreendedores, promovendo oportunidades e ampliando horizontes.

Governança corporativa para startups: acelerando o crescimento sustentável

Em parceria com o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, o evento traz um novo enfoque, oferecendo às startups expositoras uma Métrica de Governança Corporativa personalizada. Essa ferramenta de autoavaliação visa aprimorar as práticas de governança, fortalecendo a base das startups e scale-ups presentes.

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/programa-up-digital-abre-inscricoes-para-mulheres-empreendedoras/Tue, 15 Aug 2023 12:00:26 +0000https://www.ilyyt.com/?p=15844O UP Digital, programa do Sebrae que já mudou a vida de milhares de empresas e está contribuindo com a inclusão de empreendedores no universo do e-commerce e das redes sociais, está com inscrições abertas para turmas só de mulheres donas de negócios. Podem participar as empreendedoras que participaram do Prêmio Mulher de Negócios, promovido pelo Sebrae, além de outras ações vinculadas ao programa Sebrae Delas.

A jornada é de 15 dias, com aulas ao vivo nos dias 21, 22 e 28 de agosto, com turmas pela manhã, tarde e noite.  Os encontros acontecem ao vivo por meio do Google Meet, em tempo real, e não ficam gravados. Para participar, é necessário apenas um computador ou smartphone conectado à internet. Para fazer a inscrição, clique aqui.

Segundo a analista de Soluções do Sebrae Nacional Fernanda Vernieri, o curso vai trabalhar com o público feminino algumas questões fundamentais para o desenvolvimento de um pequeno negócio no mundo digital, tais como a importância de ser facilmente encontrado na internet pelos clientes, dicas para produção de conteúdo, orientações para a escolha de plataformas de e-commerce mais indicadas para cada perfil de negócio ou como se relacionar com o cliente a partir de uma abordagem que inclua os vieses do empreendedorismo feminino e suas questões.

“Vamos abordar as crenças limitantes socialmente impostas, que projetam uma realidade onde as mulheres à frente de empreendimentos recebem menos que os homens em negócios do mesmo segmento de atividade”, comenta Fernanda. “Nosso objetivo é conciliar o desenvolvimento de competências técnicas e gerenciais às competências socioemocionais e ao desenvolvimento da autoestima”, acrescenta.

]]>
how much is asus tuf gaming - sebrae delas – how much is asus tuf gaming – how much is asus tuf gaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/congresso-do-ministerio-publico-discute-acoes-de-equidade-de-genero/Wed, 14 Jun 2023 17:07:16 +0000https://www.ilyyt.com/?p=14049O empreendedorismo feminino é tema fundamental no debate sobre a equidade de gênero e a busca dos direitos das mulheres, pois acelera essa transformação. A pauta foi levada pela coordenadora nacional do Sebrae Delas, Renata Malheiros, à primeira edição do Congresso Conamp Mulher, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), realizado no Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), nesta quarta-feira (14), em Brasília.

A coordenadora nacional do Sebrae Delas, Renata Malheiros (esq.), participa do evento do Congresso Conamp Mulher. Crédito: Erivelton Viana.

Segundo Renata Malheiros, “Quando uma mulher é dona do seu dinheiro, ela começa a ser dona da sua vida, das suas escolhas, consegue sair de um relacionamento abusivo, pode sonhar e realizar”, comentou. “Ministério Público, Sebrae e empreendedorismo têm tudo a ver porque é uma forma de chegar mais perto das pessoas, de acelerar o processo de mudança para uma sociedade mais justa e próspera”, completou a coordenadora do Sebrae Delas.

A palestra inaugural do evento foi realizada pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmen Lúcia Antunes Rocha. Crédito: Erivelton Viana.

A palestra inaugural do evento foi realizada pela ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmen Lúcia Antunes Rocha. Ela abordou a atuação do Sistema de Justiça Brasileiro voltada para a promoção da equidade de gênero. “Somos 213 milhões de seres humanos iguais e, ao mesmo tempo, somos únicos em direitos e dignidade. A construção de uma política que promova a equidade é uma luta de todos nós”, comentou a ministra.

Parceria

Para além do debate acerca da equidade entre homens e mulheres, a representante do Sebrae destacou ainda que o Ministério Público é um importante aliado junto aos municípios.

“Essa parceria com a Conamp é uma forma de nos aproximar das pequenas empresas via poder público e poder judiciário, por meio das prefeituras e municípios. Quando Sebrae e Ministério Público se reúnem, conseguimos acelerar o processo de implementação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei 123/2006) e a desburocratização e promoção da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (Redesimples)”, explicou.

O evento Conamp Mulher, de natureza cultural, científica e social, tem o objetivo de estabelecer um diálogo entre membros do Ministério Público brasileiro e representantes de diversos setores, visando ainda contribuir para ações institucionais e permitir maior integração entre o Ministério Público na temática da política de gênero.

Sebrae Delas

É um programa que incentiva, valoriza e acelera a jornada de mulheres que empreendem ou querem empreender. Isso porque, quando uma mulher empreende, ela gera emprego e renda, faz a economia girar e encoraja a participação de outras mulheres nos negócios.

]]>
how much is asus tuf gaming Mapa do site