3 exemplos de metagaming - idosos – 3 exemplos de metagaming – 3 exemplos de metagaminghttps://www.ilyyt.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasThu, 18 Jan 2024 14:16:00 +0000pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=6.2.43 exemplos de metagaming - idosos – 3 exemplos de metagaming – 3 exemplos de metagaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/empreendedorismo-senior-quando-unir-experiencia-com-novos-conhecimentos-e-um-bom-negocio/Thu, 18 Jan 2024 14:10:55 +0000https://www.ilyyt.com/?p=19784O Sebrae estima que cerca de 2,2 milhões dos pequenos negócios no Brasil sejam chefiados por pessoas com mais de 65 anos. Já aqueles que têm entre 55 e 65 anos representam 30,3% dos donos de micro e pequenas empresas (MPE) em todo o país, segundo a Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2022, pesquisa que avalia o empreendedorismo no mundo. Um Projeto de Lei que tramita no Senado Federal deseja estimular a abertura de novas empresas por pessoas idosas com linhas de crédito e garantias diferenciadas como forma de contribuir para a redução da incidência de depressão e de outras doenças emocionais.

“A vontade de empreender está presente em todas as idades. Percebe-se que o empreendedorismo sênior traz vantagens, pois é uma forma de criar oportunidades de desenvolver um novo olhar em relação a novas carreiras após os 50 anos. Além disso, os empreendedores maduros empregam mais e são mais criteriosos quanto ao modelo de negócio e na busca por oportunidades de baixo risco, principalmente por estarem investindo as economias de uma vida, desta forma buscam correr menos riscos”, avalia o presidente do Sebrae, Décio Lima.

Confira:Empreendedorismo no Brasil – recorte por faixa etária

Além de ser uma alternativa para ter uma vida mais ativa, como propõe o Projeto de Lei, muitos dos idosos que investem no empreendedorismo sênior, como também é conhecido, fazem isso pela sobrevivência. A pesquisa GEM 2022 revelou que a escassez de empregos é a motivação para 79,6% dos empreendedores brasileiros mais velhos.

O estudo também apontou que restaurantes e outros estabelecimentos que fornecem alimentação (9,5%), oficinas mecânicas (8,4%), confecção de roupas (6,1%), comércio de hortifruti (4,3%) e cosméticos (4,2%) estão em maior número no segmento de empreendedorismo sênior. Há também oportunidades como freelancers em serviços de consultoria e assessoria, mentorias e franquias (que têm menor risco). Além disso, mais da metade (52,8%) daqueles que têm acima de 55 anos procuraram o Sebrae para pedir orientações sobre os seus negócios.

O Sebrae orienta esse público a aprimorar habilidades técnicas adquiridas com o tempo e competências comportamentais, a se informar sobre as tendências do segmento escolhido, a se capacitar em gestão de empresas, a se adaptar às mudanças do mercado e conhecer novas tecnologias, deixando de lado o eventual medo.

Confira algumas dicas do Sebrae

Ajuda
Experiência e aptidão são credenciais para abertura de um negócio, mas não basta para determinar o sucesso do seu empreendimento. Consulte especialistas para conseguir ajuda no amadurecimento da sua ideia e de sua viabilidade, além de saber por onde começar.

Capacitação
O conhecimento e as competências adquiridas durante a vida profissional devem estar afiados. Isso deve ser valorizado, mas não pode dispensar mais conteúdo. Por isso, especialize-se na área de interesse do negócio. Faça cursos, participe de seminários, feiras e exposições.

Inovação
Observe o que há de novidade no mercado para oferecer produtos ou serviços diferenciados. Inovação implica não só investir em tecnologia, mas buscar soluções que tornem a sua empresa sustentável.

Dedicação
Investir em um negócio exige determinação em qualquer idade. Há muitas pessoas com ideias, mas é preciso ter coragem e determinação para colocá-las em prática. Não ter medo de errar é uma característica de empreendedores de sucesso.

]]>
3 exemplos de metagaming - idosos – 3 exemplos de metagaming – 3 exemplos de metagaminghttps://www.ilyyt.com/cultura-empreendedora/abertura-de-negocio-por-necessidade-cresce-entre-os-empreendedores-mais-velhos/Wed, 09 Nov 2022 19:01:02 +0000https://www.ilyyt.com/?p=9374O empreendedorismo por necessidade avançou na faixa etária de 55 a 64 anos. De 2018 a 2021, houve praticamente uma inversão no quadro de oportunidade X necessidade entre os empreendedores seniores, conforme indica levantamento do Sebrae a partir de dados da pesquisa internacional Global Entrepreneurship Monitor (GEM).

O estudo mostra que, no ano passado, a maioria dos empreendedores seniores (60%) abriu um negócio devido à necessidade. Em 2018, no entanto, a situação era a oposta e o empreendedorismo por oportunidade galgava espaço na camada mais velha dos entrevistados, registrando um aumento de 15,3% em comparação a 2017, chegando a 62,1%.

Para além dos empreendedores acima de 55 anos, em 2021, à medida que a idade dos empreendedores brasileiros avançava, a motivação por necessidade crescia. Aproximadamente 44% dos jovens empreendedores iniciais (de 18 a 34 anos) começaram uma iniciativa empreendedora motivados pela necessidade de encontrar alternativas de trabalho e renda. Esse dado subiu para 52% no extrato seguinte, formado pelos empreendedores da faixa etária intermediária, de 35 a 54 anos.

Nesse contexto, iniciar um negócio devido à “escassez de empregos” foi a motivação mais presente para 80% dos entrevistados seniores em 2021, contra 77% dos empreendedores da faixa etária intermediária e 75,8% dos jovens. Na visão do presidente do Sebrae, a inversão na motivação de oportunidade por necessidade é um reflexo claro da realidade econômica, tão duramente afetada pela pandemia de Covid-19 nos últimos anos.

“Infelizmente, muitos aposentados se viram obrigados a voltar ao mercado de trabalho para sustentar suas famílias e, ao não conseguirem emprego, encontraram a solução no empreendedorismo, muitas vezes, informal”, pontua Carlos Melles. “Esperamos que medidas como a expansão na oferta de crédito para os pequenos negócios possam impulsionar esse segmento e reverter esse cenário”, argumenta.

Perfil dos empreendedores seniores

A GEM de 2021 traça outras características do perfil de empreendedor sênior – as atividades de maior representatividade, por exemplo, estavam relacionadas à alimentação – como catering, bufê e comida preparada –, restaurantes e outros estabelecimentos de alimentação e bebidas, que alcançaram 21,2% entre os seniores. Em termos comparativos, esse setor compreende apenas 8,4% dos empreendedores jovens.

O estudo também sinaliza que nos empreendedores com mais idade, em qualquer dos estágios do empreendimento, a proporção é maior daqueles que tem o ensino fundamental incompleto. Nesse grupo entre 55 e 64 anos, é possível fazer outro recorte interessante: quase 54% dos empreendedores iniciais se declaram pretos ou pardos. Na outra ponta, ​no grupo dos jovens entre 18 e 34 anos, a proporção dos empreendedores iniciais que se autodeclaram negros sobe para 61%.

]]>
3 exemplos de metagaming Mapa do site

1234