slots in vue3https://www.ilyyt.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasMon, 29 Jan 2024 20:25:06 +0000pt-BRhourly 1 https://wordpress.org/?v=6.2.3slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/ideias-de-negocios-inovadores-e-sustentaveis-sao-premiadas-pelo-sebrae/Mon, 29 Jan 2024 23:56:23 +0000https://www.ilyyt.com/?p=5318O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Pará – Sebrae no Pará encerrou o módulo de Ideação da edição 2023 do Programa Inova Amazônia, com o Demoday e a entrega de premiação para as três melhores ideias de projetos inovadores e sustentáveis em bioeconomia. O evento foi realizado nesta segunda-feira (29), na Agência Sebrae COP 30, em Belém.

Foram premiados os projetos: Domos (1º lugar), Apoé Biotecnologia (2º lugar) e Soul da Mata (3º lugar). Além de mentoria para o desenvolvimento das iniciativas, os vencedores receberam também prêmios nos valores de R$ 30 mil, R$ 20 mil e R$ 10 mil, respectivamente.

Segundo o empreendedor Petrônio Medeiros, representante da Domos, empresa de arquitetura modular inteligente com formas orgânicas, o valor do prêmio será destinado para o desenvolvimento de novos produtos e também colocá-los no mercado. A empresa recebeu consultoria do Sebrae.

A consultoria foi absolutamente fundamental. Na verdade, foi um divisor de águas nesse trabalho que a gente está desenvolvendo.

                                                               Petrônio Medeiros, representante da Domos

Já Tainara Lima, cofundadora da Apoé Biotecnologia, que desenvolve resinas sustentáveis para impressão 3D, revelou que a premiação ajudará a tirar o projeto do papel. “Essa premiação vai ser importante pra gente decolar nosso projeto, pois temos um protótipo, mas a gente quer que, de fato, isso vire um produto”, projeta.

A startup que ficou com a 3ª colocação, a Soul da Mata, de Belterra, é uma empresa que trabalha com suplementos funcionais baseados em ativos da Amazônia. Segundo o seu represente, Diogo Noronha, “a ideia é utilizar a premiação para desenvolver a empresa em Belterra, comprar insumos, fabricar mais produtos”. Hoje, a empresa possui uma equipe de cinco pessoas e beneficia cinco produtores de comunidades locais. A ideia é passar para 10 produtores beneficiados.

No Demoday, que em tradução livre pode ser definido como “dia de demonstração”, 27 empreendedores puderam apresentar seus projetos, em formato de pitches, para uma banca de especialistas composta por três profissionais da área.

O pitch é uma apresentação de impacto com o intuito de demonstrar aos examinadores como funciona o projeto, seus impactos positivos e investimentos necessários.

O Módulo Ideação é uma etapa importante para identificar e destacar as ideias que ainda precisam definir o seu modelo de negócio, a fim de validar o produto ou serviço para o lançamento no mercado.

Segundo o diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Rubens Magno, a inovação é um ponto muito importante para a instituição, sendo um dos grandes pilares que ancoram a sua atuação, ao lado de sustentabilidade e pluralidade.

“Tudo isso em cima de uma grande entrega que nós estamos fazendo, que é a preparação de empreendedores para a COP 30. E o Inova Amazônia nada mais é do que algo precursor, quando nem imaginávamos que teria a COP 30, mas que está completamente alinhado com o que a gente precisa para as entregas de melhora da Amazônia em diversos sentidos”, disse ele.

O Inova Amazônia é uma ação do Sebrae para a Amazônia Legal. A edição de 2023 contou com a inscrição de 270 propostas apoiadas nos nove estados da região (Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins).

No estado do Pará,30 projetos, de nove municípios concorrendo à premiação. São eles: Belém, Ananindeua, Santarém, Parauapebas, Mocajuba, Gurupá, Paragominas, Altamira, São João de Pirabas e Belterra.

Oportunidades de financiamento 
Durante o evento, foi cedido espaço para a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), representada pelo gerente Regional Norte, Rodrigo de Lima, apresentar as linhas de financiamento disponíveis para quem está começando a empreender.
“As startups têm sido o motor de uma nova matriz econômica baseada em inovação. A Finep tem quase 60 anos de investimentos em inovação. Então, ela aporta bastante recursos nesse sistema, no qual temos investido de R$ 1 a R$ 2 milhões por startup”, revelou Lima.

Sobre o Inova Amazônia 
O Inova Amazônia é um programa de aceleração do desenvolvimento sustentável, que busca fortalecer a bioeconomia na Amazônia e fomentar o crescimento econômico e social por meio da inovação, aliada à conservação ambiental.
O programa é voltado a startups ou empreendedores com uma ideia inovadora que estão em busca de mais conhecimento e incentivo financeiro para implementar seu projeto de bioeconomia.
Por meio da iniciativa, o empreendedor concorre a mentorias e a uma bolsa de até R$ 39 mil para conseguir desenvolver todo o seu potencial inovador.

!important;">-

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/sebrae-abre-novo-ciclo-de-vagas-para-o-programa-ali-produtividade-para-ilheus-e-regiao/Mon, 29 Jan 2024 20:44:52 +0000https://www.ilyyt.com/?p=12301O Sebrae em Ilhéus está com inscrições abertas para o último ciclo do programa ALI Produtividade. A iniciativa gratuita é direcionada a donos de micro e pequenas empresas da região. As inscrições serão feitas por meio de formulário (Clique aqui).  Podem participar do programa empresas dos setores do Comércio, Serviços ou Indústria, com faturamento bruto anual de até R$4,8 milhões, com exceção dos microempreendedores individuais (MEI).

Para a proprietária da Planeta Casa, Sylvanna Reis, o ALI foi um divisor de águas em seu negócio e a fez tomar a decisão de não fechar a empresa. “Eu já tenho 20 anos de empresa, mas eu nunca tive a visão profissional da empresa. Sempre foi de forma muito primitiva as coisas que a gente fazia. Sem muita estratégia, sem muito planejamento. Eu estava pensando em fechar a empresa porque, pela forma como a gente vinha administrando, os resultados não estavam sendo viáveis, não estavam sendo bons. O que me ajudou a decidir permanecer no negócio e apostar tudo foi essa consultoria do ALI.”, contou a empreendedora de Ilhéus.

O ALI também foi fundamental para o Marcos Túlio do Salão Girotto, que considera a experiência enriquecedora. “Participar do projeto consolidou a minha experiência dos últimos anos, trouxe coisas que eu já praticava, coisas que eu posso praticar com um olhar mais atualizado, e trouxe ferramentas que eu não tinha pensado ainda. Então, de uma forma geral, foi muito significativo, muito enriquecedor. Trouxe pra gente mais maturidade e vai nos dar mais segurança para os próximos passos, próximos projetos”, destacou.

O ALI Produtividade tem o intuito de estimular o aumento da produtividade e faturamento dos pequenos negócios e da inovação dos processos, produtos e/ou serviços, por meio de atividades de orientações e atendimento personalizado durante a jornada de seis meses. Entre as atividades previstas, as empresas selecionadas recebem acompanhamento e passam por diagnóstico e mapeamento inicial feito por um Agente Local de Inovação (ALI), que orientam mapeando os principais desafios, realizando protótipos ou testes, identificando soluções tecnológicas, contribuindo para assimilar o processo em métodos ágeis e identificando soluções sob medida, de acordo com as necessidades do negócio.

A ação faz parte do Programa Brasil Mais Produtivo, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/sebrae-maranhao-apresenta-acoes-de-inovacao-a-novos-residentes-do-segmento-no-setor-portuario/Mon, 29 Jan 2024 20:30:16 +0000https://www.ilyyt.com/?p=6974Nesta segunda-feira (29), o Sebrae Maranhão recebeu visita dos novos residentes do Programa de Residência Portuária, da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), para conhecer as principais ações de inovação que o Sebrae desenvolve no estado. Além de outras iniciativas, a instituição apresentou aos visitantes os programas Inova Amazônia, que apoia inovações em bioeconomia; Startup Nordeste, que fortalece pequenos negócios inovadores na região; e Desafio Sebrae Like a Boss, que conecta e qualifica startups.

Segundo o gerente de Pesquisa e Inovação da EMAP, Gabriel Mateucci, os dez residentes da segunda rodada do programa são recém-graduados de diversas áreas, que irão atuar na criação de soluções inovadoras para o Porto do Itaqui. A visita faz parte da etapa inicial do programa, quando os profissionais são apresentados aos principais agentes do ecossistema de inovação local. “Estamos fazendo visitas a várias empresas, e um dos atores mais importantes desse ecossistema de inovação é o Sebrae, que é parceiro do Porto do Itaqui”, ressalta.

A nova residente Ana Carolina Brito contou que, antes da visita, não conhecia os programas de inovação do Sebrae

Realizado no Sebraelab, localizado no Multicenter Negócios e Eventos, na capital São Luís, o encontro permitiu à designer Ana Carolina Brito, de 24 anos, conhecer os programas de inovação do Sebrae e identificar quais seriam mais proveitosos para ela e para pessoas conhecidas que também atuam no segmento. “Eu gostei muito do Catalisa ICT, porque eu vi que tem muito foco em pesquisa, que é uma área que eu me identifico bastante. Vejo oportunidade para mim no futuro”, reflete.

Para o diretor técnico do Sebrae no Maranhão, Mauro Borralho, a visita foi importante não apenas para disseminar ações do Sebrae e compartilhar experiências, como também para reforçar a parceria com a EMAP. “É um momento para destacarmos, afinal de contas estamos falando de inovação, de juventude, de desenvolvimento”, afirma o gestor.

O gerente da Unidade de Inovação e Tecnologia da instituição apresentou aos dez residentes as principais ações do Sebrae no estado

Na ocasião, a apresentação das ações de inovação do Sebrae no Maranhão foi feita pelo gerente da Unidade de Inovação e Tecnologia da instituição, César Guimarães. Na área de Economia Criativa, a exposição ficou por conta da coordenadora de Produtividade e Transformação Digital, Danielle Abreu.

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/inteligencia-artificial-contribui-na-geracao-de-empregos-2/Mon, 29 Jan 2024 20:06:38 +0000https://www.ilyyt.com/?p=19976Os pequenos negócios podem se beneficiar com a Inteligência Artificial (IA), seja no campo social ou econômico. O mundo vive uma nova perspectiva com a IA, que promete transformar profundamente o modo como a sociedade se relaciona com os mais diferentes aspectos da vida prática. A estimativa do Fórum Econômico Mundial é que o impacto econômico da Inteligência Artificial até 2040 seja de US$ 4,4 trilhões. No dia a dia do brasileiro, ela vem sendo incorporada na saúde, no transporte, na educação e na rotina das empresas.

Na Medicina, a IA é vista como aliada para salvar vidas, já que consegue aumentar a segurança e reduzir possíveis erros. No Judiciário, vem sendo apontada como o instrumento que dará mais agilidade na tramitação dos processos e na resolução de litígios, permitido a automatização de informações e dados.

O certo é que a Inteligência Artificial representa uma quebra de paradigma e está moldando a nova economia global, transformando o mercado de trabalho e facilitando experiências nas relações sociais e nos setores econômicos.
Como uma avalanche, a IA está cooptando o que vê pela frente. Os pequenos negócios podem ganhar vantagens competitivas com essa tecnologia, que tem como conceito o entendimento baseado na imitação da inteligência humana e o processo de aprendizado humano em máquinas. Uma tecnologia que pode ser utilizada para o bem ou para o mal. Caberá ao ser humano fazer o correto uso da ferramenta com o objetivo de impactar a vida da população que ainda sofre com as desigualdades, permitindo a efetivação dos direitos fundamentais consagrados na nossa Constituição.

Nas empresas, a Inteligência Artificial associada à Inteligência Competitiva gera saltos significativos na otimização da gestão, permitindo a redução de custos e mais qualidade para o cidadão consumidor. São transformações que devem ser incorporadas e que gerarão resultados ao fim do mês: empresas com mais lucro e, consequentemente, gerando mais empregos e renda.

Presidente do Sebrae Nacional, Décio Lima.

O Sebrae compreende que essa estratégia não é exclusiva das grandes corporações, sendo fundamental também para os pequenos negócios. A Inteligência Competitiva funciona como uma estratégia capaz de gerar o crescimento empresarial por meio de decisões embasadas em dados sólidos, que pode fazer uso da Inteligência Artificial.
Acreditamos que as micro e pequenas empresas guiadas por um planejamento estratégico, visão de futuro e missão clara podem prosperar, ajustando suas ações com a bússola da inteligência competitiva para atingir os objetivos estabelecidos e contribuir também com o aumento da produtividade da própria economia brasileira, em que elas representam cerca de 95% de todos os negócios.

É preciso trabalhar diante dessa nova realidade, pois a IA vai gerar transformações significativas em escalas e em diversos setores sociais. Os empreendedores precisam acompanhar essas discussões e incorporar a ferramenta em suas rotinas em benefício da empresa e da sociedade. O Sebrae está preparado para apoiar os empreendedores para o mundo da Inteligência Artificial. Todos ganham!

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/concordia-em-parceria-com-o-sebrae-sc-avanca-no-planejamento-do-ecossistema-de-inovacao/Mon, 29 Jan 2024 18:45:12 +0000https://www.ilyyt.com/?p=2772Para fortalecer as áreas tecnológicas essenciais no desenvolvimento de Concórdia, será realizado neste início de ano o 1º Workshop do Planejamento de Ecossistema de Inovação. A iniciativa é do Sebrae/SC em parceria com a Prefeitura através do Programa Cidade Empreendedora. O encontro acontecerá na terça-feira (30) de janeiro, das 08h30 às 12 horas no auditório do Centro de Inovação, localizado na Rua 29 de julho, nº 1786, bairro Itaíba, 2º andar.

O objetivo do evento é construir uma rota para o futuro na tecnologia e inovação empresarial. O planejamento da inovação pode servir para uma política empresarial, para as startups olharem para as oportunidades existentes nos setores estratégicos da cidade, para também aqueles que querem investir, (investidores -anjos se formalizarem e buscarem estudar um pouco os setores estratégicos incentivados pelo segmento), juntos coloquem esse trilho no trem para o crescimento ainda maior da cidade.

O gerente regional do Sebrae/SC no oeste, Udo Martin Trennepohl, destaca a importância da participação das lideranças locais.

“A iniciativa potencializará as atividades econômicas da cidade por meio da colaboração ativa dos atores locais para que possa ser construído um direcionamento de expansão, alicerçado na tecnologia e na inovação”, destacou.

De acordo com o consultor credenciado ao Sebrae/SC, Tiago Tengaten, ainda no mês de novembro o Sebrae apresentou os trabalhos que serão desenvolvidos ao prefeito da cidade e demais interessados. “Analisamos o número de pequenas, médias e grandes empresas, empregos, o valor adicionado fiscal da cidade, e confrontamos tudo isso com o potencial tecnológico, o que Concórdia e região estão oferecendo para a classe trabalhadora. Vamos qualificar e devolver isso para as empresas. Estamos batendo mais de 70 entrevistas até o final do Workshop”. Explicou.

Tengaten estende o convite para todos os entrevistados e aqueles que são entusiastas pela inovação, se identificam com o tema, “Vamos apresentar toda a metodologia e, no segundo momento, quem estiver participando colocará a mão na massa e construirá junto as definições dos setores prioritários para a cidade. Vamos escolher entre dois e quatro setores que serão priorizados para esse planejamento, para que na pós-entrega sejam impulsionadas, incentivadas, desenvolvidas essas áreas. Não vamos criar nada do zero, vamos entender o que é Concórdia, quais são os setores econômicos que podem ser ainda mais desenvolvidos e a gente vai trabalhar para isso”, finalizou.

METODOLOGIA

A metodologia promove ações planejadas, integradas e estruturadas para realizar a gestão e o monitoramento do ecossistema de inovação por níveis de maturidade.

Acompanhe mais notícias do Sebrae/SC na slots in vue3 e nas redes sociais: Instagram Facebook LinkedIn Twitter Telegram YouTube Blog Site

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/sebrae-e-parceiros-assinam-pacto-de-inovacao-de-imperatriz/Sun, 28 Jan 2024 20:24:24 +0000https://www.ilyyt.com/?p=6960O Sebrae Maranhão, a governança do Ecossistema Local de Inovação e parceiros assinaram, nesta quinta-feira (25), o Pacto de Inovação de Imperatriz.  O documento público é um compromisso de diversos atores para impulsionar o desenvolvimento econômico, social, sustentável e tecnológico da região. A solenidade ocorreu na sede do Sebrae, em Imperatriz.

Pacto de Inovação de Imperatriz é um documento público em que os atores se comprometem com o desenvolvimento regional por meio da inovação ( Foto: Maíra Soares).

O pacto baseia-se em ações  colaborativas, visando superar desafios e fortalecer o empreendedorismo e a inovação da região, nos setores de Tecnologias do Agro e de Alimentos; Tecnologia da Informação e Automação; Soluções em Transporte e Logística; Biotecnologia e Novos Materiais.

A escolha destes setores foi definida pela Governança do Ecossistema, após análise e o cruzamento de dados da vocação e dos potenciais da região.

A partir do lançamento oficial, serão executadas entregas a curto, médio e longo prazos. Algumas  estratégias foram previamente traçadas, em estudo que apontou gargalos e caminhos possíveis para o desenvolvimento regional, por meio da inovação.

A Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII) é uma das entidades parceiras do Ecossistema e  do Pacto de Inovação. O presidente da ACII, João Lira, destacou que a ação vem impulsionar ainda mais os empreendimentos, principalmente, focado em áreas que são prioritárias na região.

“Esse projeto vem para gerar soluções inovadoras e fazer com que as nossas empresas tenham mais competitividade no mercado, beneficiando não somente o comércio local, mas toda a região,  o nosso estado. Então é uma honra ser parceiro do Sebrae nessa ação”, destacou.

“O pacto é mais uma etapa de estruturação do ecossistema local, um trabalho que vem sendo realizado desde o ano passado com o Sebrae sendo indutor, mas em que há toda uma Governança à frente. Daqui para frente, juntos, vamos maximizar os resultados para fortalecer os negócios inovadores e impulsionar o surgimento de outros, tornando Imperatriz e região um grande polo de inovação”, ressaltou o diretor técnico do Sebrae Maranhão, Mauro Borralho.

Assinaram o pacto representantes do poder público municipal, poder público estadual, de instituições de ensino e empresas de diversos setores.

O presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânica e de Material Elétrico de Imperatriz (Simetal), Ernani Júnior, que na ocasião representou a Fiema, também enfatizou que a assinatura é um  passo importante em prol do desenvolvimento, visto que será um trabalho colaborativo. “O Ecossistema vai proporcionar que os negócios cheguem a um nível de maturidade muito mais rápido, fazendo com que essa rede cresça”, pondera.

Além de Imperatriz, o Sebrae Maranhão também desenvolve ações do ecossistema de inovação nas cidades de São Luís e Balsas

Ações

A Governança do Ecossistema Local de Inovação traçou algumas ações. Além do pacto de inovação, estão previstas a Jornada de Cultura Inovadora, com fomento por meio de capacitações,  mentorias, eventos, projetos e programas; Jornada de Conexão Mercado e Ciência & Tecnologia; e Jornada Estrutural com promoção de ambiente favorável à criação e desenvolvimento de negócios inovadores.

Durante a solenidade, também, foram apresentados eventos de inovação que estão previstos para este ano, realizados pelo Sebrae e outros parceiros. Entre eles:  Startup Day, Ideathon, Hackathon, sapiens e festival de conexões, negócios e inovação.

Identidade visual

Durante solenidade de assinatura do Pacto, foi apresentada a identidade visual do Ecossistema Local de Inovação de Imperatriz

Ainda no evento de assinatura do Pacto de Inovação foi apresentada a identidade visual do Ecossistema Local de Inovação de Imperatriz, Meca. O termo traz um conceito de um centro de atividades ou ponto de convergência, indo ao encontro da essência do ecossistema. No mundo corporativo, Meca remete ainda à sede ou núcleo de uma determinada atividade.

A identidade visual foi apresentada pelo diretor Comercial da Like Design, Leylson Sousa, que faz parte da governança do ecossistema, responsável pela criação da marca. “Trazemos como um elemento visual o isótopo cubo para representar ideias, movimentos e combinações para um propósito”, explicou.

Ecossistema

Lançado em julho de 2023, o Ecossistema de Inovação de Imperatriz reúne cerca de 60 parceiros e atores locais, tendo o Sebrae/MA como indutor do processo de estruturação e como parceiro executor a Fundação CERTI, responsáveis pelo Projeto para Planejamento de Ecossistema Local de Inovação (ELI) de Imperatriz.

O Ecossistema tem o objetivo de estimular o empreendedorismo inovador e fortalecer a cultura da inovação com ações que envolvem parcerias com instituições de ciência, tecnologia e inovação, entidades, empresas e governo. O Ecossistema de Imperatriz terá como área de influência as cidades de Porto Franco, Estreito, João Lisboa, Edison Lobão, Davinópolis, além do próprio município de Imperatriz.

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/como-implementar-ferramentas-digitais-para-alavancar-seu-negocio/Fri, 26 Jan 2024 20:03:40 +0000https://www.ilyyt.com/?p=13365

Não é exagero dizer que a transformação digital nas empresas é imprescindível para a sobrevivência. Essa é a realidade, não é mais o futuro.

A fala acima é de André Luís Villela Santos Ribeiro, gestor estadual do Programa Transformação Digital do Sebrae Goiás, que promoverá, no dia 1° de fevereiro (quinta-feira), mais uma oportunidade para que os empreendedores de pequenos negócios possam entender a iniciativa e participar do ALI Transformação Digital. A palestra acontece às 19h e será on-line.

Para se inscrever é necessário fazer a inscrição clicando aqui>>

André Luís Villela Santos Ribeiro é gestor estadual do Programa Transformação Digital, que promoverá palestra on-line gratuita (Fotos Silvio Simões)

No Programa Transformação Digital, os empresários de micro e pequenas empresas passam pelas fases de sensibilização, mapeamento da maturidade digital, priorização de solução digital, conexão com fornecedores e contratação da solução digital. Os Agentes Locais de Inovação (ALIs) vão explicar, durante a palestra, o passo a passo dessa jornada e as vantagens que o programa proporciona. Como por exemplo, um diagnóstico que mostra quais as soluções são indicadas para melhoria da produtividade e o Sebrae subsidia até R$ 2 mil do custo de uma solução digital de mercado por meio de reembolso.

O ciclo do programa tem a duração média de seis meses, sendo 100% gratuito. O gestor estadual André Luís explica que os ALIs acompanham toda a jornada e são treinados e capacitados para implementar a metodologia, que dura em média seis meses, em encontros presenciais e online. Ao fim, o agente faz uma avaliação final do processo, verifica novamente a maturidade digital da empresa e calcula o retorno sobre o investimento feito para a o uso da solução.

As vagas para participação no Programa Ali Transformação Digital são limitadas, e a palestra on-line é mais uma chance para que o empreendedor possa entender a importância do Programa e implementar em sua empresa soluções digitais que podem revitalizar processos, agilizar dados para decisões corporativas, aumentar a produtividade e o lucro e gerar mais emprego e renda. As sensibilizações presenciais já foram realizadas no auditório do Sebrae Goiás em Goiânia nos dias 15 e 25/01.

Sensibilizações sobre a importância da inovação e da adoção de ferramentas digitais vêm sendo realizadas pelo Sebrae

O ALI Transformação Digital faz parte do Programa Brasil Mais, do Sebrae Nacional, que também possui o Programa ALI Produtividade, que também está em fase de seleção de micro e pequenos negócios e tem como objetivo proporcionar apoio especializado para estimular a inovação e a melhoria dos processos produtivos das micro e pequenas empresas.

Cinco modalidades

O Programa ALI contempla cinco modalidades: Produtividade, Rural, Ecossistemas de Inovação, Educação Empreendedora e Transformação Digital.

Os ALIs são profissionais capacitados que atuam diretamente nas empresas para identificar oportunidades de inovação, otimização de processos e aumento da eficiência operacional. Esses agentes trabalham de forma personalizada, entendendo as necessidades específicas de cada empresa para oferecer soluções adequadas ao seu contexto. “O foco do programa está na promoção da cultura inovadora e no aumento da competitividade das micro e pequenas empresas, auxiliando na adoção de novas tecnologias e métodos de gestão”, explica Allysson Silva, gestor do programa na Regional Central do Sebrae Goiás.

O analista Allysson Silva é gestor do Programa ALI na Regional Central, em Goiânia

SERVIÇO

Palestra On-line Transformação Digital

Data: 1º de fevereiro, próxima quinta-feira

Horário: 19h

Inscrições:https://www.aizhiniao.com

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Na sede do Sebrae: Adriana Lima – (62) 3250-2263 / 99456-2491

Na Regional Central | Goiânia: Agência Entremeios Comunicação / Adrianne Vitoreli – (62) 98144-2178

Siga-nos em nossas redes sociais:Instagram,Facebook,Twitter,YouTubeeLinkedIn

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/startups-se-cadastram-no-primeiro-edital-de-inovacao-de-toledo/Fri, 26 Jan 2024 19:52:09 +0000https://www.ilyyt.com/?p=10329Oito startups se cadastraram no primeiro edital de inovação da cidade de Toledo, na região oeste do Estado. O processo, lançado em dezembro do ano anterior, é fruto de uma parceria entre a Prefeitura e o Sebrae/PR e tem, como um dos principais objetivos, a abertura de espaço para que startups consigam desenvolver soluções personalizadas que atendam demandas específicas do setor público.

No âmbito desse processo, os interessados tinham até 27 de dezembro para efetuar suas inscrições e, após a seleção, foram avaliados por uma banca composta por servidores municipais e consultores do Sebrae/PR. Atualmente, o prazo para recursos das candidatas está em curso. Posteriormente, a startup escolhida receberá um aporte de até R$ 50 mil como incentivo para o desenvolvimento, sendo que, ao término do projeto, a Prefeitura, em conjunto com a startup, avaliará a viabilidade do projeto.

“Termos essas oito empresas no edital é um indicativo de que as startups estão interessadas em apresentar soluções para o governo. O setor de govtech é importante para a digitalização do Poder Público e a implementação de uma cultura de inovação”, sinaliza o secretário de Agronegócio, Inovação, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Toledo, Diego Bonaldo.

Para o consultor do Sebrae/PR, Alan Debus, esta primeira etapa mostra o quanto a iniciativa é promissora e os próximos passos devem repercutir para além do âmbito da Prefeitura de Toledo.

“Tivemos inscritos de várias partes do Brasil, mas é claro que as representantes da região se mostraram mais interessadas. Dessa forma, podemos dizer que este primeiro resultado foi positivo. Ficamos felizes pelo nível de interesse e, também, pela qualidade das propostas de solução, conforme o problema que foi apresentado. Temos certeza de que isso vai incentivar outras prefeituras, órgãos públicos e startups, fomentando o crescimento do ecossistema local”, enfatiza o consultor do Sebrae/PR.

Sobre o edital

Essa iniciativa pioneira na Prefeitura tem como base a Lei Complementar nº 182/2021, que estabelece o Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação. Em colaboração com o Sebrae/PR, a proposta visa integrar práticas de inovação aberta à gestão pública, possibilitando a contratação de startups para solucionar desafios específicos da Prefeitura.

O problema apresentado aos candidatos no edital refere-se ao lançamento manual dos atestados pela equipe da Secretaria de Recursos Humanos, um processo que pode ser otimizado e transformado por meio da inovação proposta pelas startups, uma vez que a pesquisa de mercado revelou a inexistência de soluções disponíveis.

Durante todo o processo, o Sebrae/PR fornece suporte técnico para garantir que o edital cumpra as exigências legais do Marco Legal, e os trabalhos se estenderão além da contratação da startup.

-

-

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/inscricoes-do-premio-educador-transformador-estao-abertas-no-tocantins/Fri, 26 Jan 2024 19:10:05 +0000https://www.ilyyt.com/?p=5237As inscrições para a 2° edição do Prêmio Educador Transformador estão abertas até o próximo dia 05 de fevereiro. A iniciativa, realizada pelo Sebrae e que também conta com o apoio da Bett Brasil e o Instituto Significare, busca identificar, reconhecer e divulgar projetos educacionais inovadores que estejam alinhados aos princípios da Educação Empreendedora, além de serem desenvolvidos por professores em instituições de ensino públicas ou privadas.

O professor candidato poderá inscrever um ou mais projetos nas sete categorias do prêmio: Educação Infantil; Ensino Fundamental – Anos Iniciais (1º ao 5º ano); Ensino Fundamental – Anos Finais (6º ao 9º ano); Ensino Médio; Educação Profissional; Educação Superior; e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Os projetos inscritos serão avaliados com base em critérios que incluem a relevância e o impacto do projeto, inovação e criatividade, envolvimento da comunidade escolar, desenvolvimento de competências empreendedoras nos estudantes, e o alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Izana Assunção, analista do Sebrae, ressalta que o prêmio Educador Transformador é uma oportunidade para os profissionais de Educação do Tocantins serem reconhecidos pelos seus trabalhos inovadores. “Professores inscrevam seus projetos e façam parte dessa transformação educacional e para o Sebrae Tocantins é um orgulho conhecer e reconhecer projetos tão lindos e expiradores”, pontua.

Na edição anterior, cerca de 2.9 mil projetos foram inscritos em todo País. Desta vez, a disputa prevê a realização de etapas estaduais, regionais e nacional. O anúncio dos vencedores na etapa final está previsto para o fim de abril, durante a 29ª edição do Congresso Internacional Bett Brasil, que acontecerá em São Paulo/SP. Os três primeiros colocados em cada uma das sete categorias receberão certificado de participação. O primeiro colocado receberá troféu, pacote de participação em missão nacional para um evento de educação e um notebook.

A gerente da Unidade de Educação Empreendedora do Sebrae Nacional, Edleide Alves, destaca a relevância de realizar premiações que estimulem ainda mais os educadores em sala de aula. “É um reconhecimento a esses atores indispensáveis à qualidade da escola, o berço de futuro. Por meio do desenvolvimento de um projeto educacional, da prática em sala de aula, com a mobilização de saberes, habilidades e comportamentos, é possível gerar pequenas conquistas que transformam a realidade daquela escola, da comunidade e do país”, ressalta.

Para realizar a inscrição, acesse o site oficial do Prêmio Educador Transformador, por meio do endereço eletrônico https://educadortransformador.com.br/. “Juntos, podemos fazer a diferença na educação do Tocantins e inspirar a próxima geração de empreendedores e inovadores”, finaliza Izana.

Educação Empreendedora Sebrae

Criado em 2013 pelo Sebrae, o Programa de Educação Empreendedora do Sebrae. Hoje chamado de Programa Educação Que Transforma, já alcançou 97% dos municípios brasileiros, com 13,5 milhões de atendimentos a alunos e mais de 1 milhão de professores assistidos, com ações que oferecem formação e capacitação, com ferramentas e metodologias pedagógicas específicas. Depois da aprovação da Nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a Educação Empreendedora ganhou força na educação formal brasileira, uma vez que o desenvolvimento de competências empreendedoras está alinhado às novas diretrizes da Educação no país, sendo conteúdo transversal no documento.

Serviço:
slots in vue3 do Tocantins – ASN/TO
Central de Relacionamento: 0800 570 0800
Whatsapp do Sebrae: (63) 9 9971-2198
Assessoria de Imprensa: (63) 9 9968-4366
www.to.ilyyt.com
www.sebrae.com.br/tocantins
Facebook: @sebraetocantins
Instagram e Twitter: @sebraeto

Licença: Os textos veiculados pela slots in vue3 do Tocantins podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da Agência. Para mais informações, os jornalistas devem entrar em contato pelo telefone (63) 3219-3302 ou pelo Whatsapp da Assessoria de Imprensa (63) 9.9968-4366, no horário das 9h às 17h.

]]>
slots in vue3https://www.ilyyt.com/inovacao-e-tecnologia/empresas-do-piaui-faturam-ate-20-mais-apos-participacao-em-programa-do-sebrae/Fri, 26 Jan 2024 17:53:13 +0000https://www.ilyyt.com/?p=4139O Brasil Mais Produtivo – executado pelo Sebrae, por meio dos Agentes Locais de Inovação (ALI) – tem promovido uma verdadeira revolução nas micro e pequenas empresas. O programa, focado em inovação, trabalha o aumento da produtividade e a transformação digital para alavancar o faturamento desses empreendimentos, em duas frentes: Jornada de Produtividade e Jornada de Transformação Digital.

Os resultados comprovam a eficiência do programa, que no Piauí possibilitou o aumento de 20% do faturamento da empresa Cocoia Artisanal Food In Networking, pizzaria e coworking que participou da Jornada de Transformação Digital; e de 10% da empresa Qualypet, indústria de garrafas plásticas, atendida na Jornada de Produtividade.

“Temos muitos clientes com limitações de fala e audição, que manifestavam o interesse de ter um cardápio digital para ver as fotos dos produtos. Começamos a buscar meios de atender essa demanda. Foi quando chegou o ALI na nossa empresa, sugerindo uma série de inovações. De cara, falamos do cardápio digital para tornar nosso atendimento mais acessível”, afirma a empresária Laylanne Moura Santos, que comanda a Cocoia juntamente com o seu esposo Waldson.

Mas o que era para ser só um cardápio digital, com a orientação do ALI, deu lugar a um sistema de gestão completo, com site, chatbot e outras ferramentas que facilitam a vida do cliente e contribuíram não só para o ganho de faturamento da empresa como também para o aumento da clientela.

“Hoje além da opção de cardápio físico e digital, com fotos profissionais, temos um site, no qual os clientes podem fazer pedidos para delivery e retirada e agendamento para consumo no nosso espaço físico. Dispomos também de chatbot, que possibilita a otimização dos processos de atendimento. As inovações sugeridas pelo ALI contribuíram para aumentar em 25% o número de clientes que frequentam a Cocoia e em 50% os pedidos pelo site. Tivemos ainda um incremento de 20% no faturamento”, acrescenta.

A empresária Laylanne Moura Santos, que comanda a Cocoia juntamente com o seu esposo Waldson

Laylanne Moura Santos destaca ainda que empresas que querem se digitalizar devem aderir ao ALI. “Participar do Brasil Mais Produtivo foi uma das melhores escolhas que fiz para a minha empresa. O ALI foi fundamental para que eu pudesse entender os benefícios de ser digital e me auxiliou na escolha da melhor ferramenta para otimizar os processos na Cocoia. O programa vale muito a pena”, pontua.

Já o empresário Jailton Portela, da Qualypet, destaca que sua empresa, além do aumento de faturamento de cerca de 10%, com o ALI Produtividade, garantiu também a redução das perdas em quase 25%. Tudo isso em praticamente dois meses.

O empresário Jailton Portela

“Crescemos muito durante a pandemia, com divulgação no Instagram e outras mídias. Os clientes aumentaram bastante, comprometendo o nosso atendimento. Relatamos isso para o ALI e fomos orientados a automatizar esse processo, por meio de uma solução simples e de baixíssimo custo. Hoje, temos um chatbot, que nos ajuda nos atendimentos e gera relatórios, que permitem à nossa equipe ter um relacionamento mais próximo com os clientes. Além disso, melhoramos outros processos internos relacionados à produção, capacitação de pessoal, bonificação e padronização de procedimentos, o que nos trouxe ganhos além da produtividade comercial”, declara Jailton Portela.

Além da contração da ferramenta de chatbot, outra inovação implantada na Qualypet foi o sistema de metas de produção. “Temos dois turnos de produção e cada trabalhador tem metas definidas para obter a bonificação do 14º salário. São metas relacionadas a eficiência de máquina, perda de produção, controle de qualidade e reclamação de mercado. Com isso, conseguimos reduzir o índice de perda de 2,2% para 1,5%, num universo de 600 mil garrafas mensais. Para nós o ideal é de 0,4% ou menos. Vamos buscar outras inovações para chegar nesse patamar”, conclui Jailton.

O BRASIL MAIS PRODUTIVO

O Brasil Mais Produtivo é um pacote de soluções de inovação completo para empresas que querem ser mais produtivas e alcançar melhores resultados, gastando menos e faturando mais. A empresa pode optar por uma das frentes do programa, com duração de até seis meses, que são todas gratuitas, 100% subsidiadas pelo Sebrae.

Na frente de Produtividade, a empresa é conduzida por uma jornada para inovar, buscando maior faturamento ou redução de custos. A jornada segue o seguinte fluxo: Mapeamento de Desafios – Busca de Soluções – Medição de Indicadores – Teste da Solução – Implantação da Solução – Avaliação da Jornada e dos Resultados.

Na frente Transformação Digital, a jornada tem como foco a implantação de uma ferramenta digital para otimizar processos. O fluxo começa com o mapeamento dos desafios e oportunidades de melhoria, seguido da busca por ferramentas digitais, medição de indicadores, escolha da tecnologia e implantação da solução, encerrando com a avaliação da jornada e dos resultados. Nessa frente, a empresa recebe ainda subsídio de até R$ 2 mil para contratar a ferramenta escolhida.

Nas duas frentes, o acompanhamento é feito por um Agente Local de Inovação (ALI). O ALI é um especialista capacitado pelo Sebrae para levar orientações individualizadas e sob medida para as empresas, visando a promoção de melhorias rápidas e de alto impacto. O atendimento é contínuo, presencial e gratuito.

Podem participar do programa Microempresas (ME) ou Empresas de Pequeno Porte (EPP), dos setores de Comércio, Indústria ou Serviços, que estejam localizadas nas cidades onde o Sebrae no Piauí possui Unidades Regionais (Teresina, Parnaíba, Picos, Bom Jesus e Floriano) ou em municípios distantes até 100 quilômetros de distância destas unidades.

As vagas são limitadas e as inscrições estão disponíveis no endereço eletrônico www.sebrae.com.br/brasilmaisprodutivo. Mais informações na Central de Relacionamento Sebrae (0800 570 0800).

Serviço:
Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Piauí: (86) 3216-1356
slots in vue3 Piauí: (86) 3216-1325
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
Portal do Sebrae no Piauí: pi.sebrae.com.br
WhatsApp: 0800 570 0800
www.x.com/pi_sebrae
www.facebook.com/sebraepiaui
www.instagram.com/sebraepi/

]]>
slots in vue3Acesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresas do estado do PiauíFri, 26 Jan 2024 17:53:33 +0000 hourly 1 https://wordpress.org/?v=6.2.3slots in vue3 Mapa do site