jogos 7 anosAtualização
Compartilhe

Geraldo Alckmin e presidente do Sebrae se reúnem para debater sobre crédito e aumento da produtividade das MPE 

Segundo Décio Lima, governo e Sebrae estão desenhando os últimos detalhes para o lançamento de uma nova política pública voltada a facilitar os empréstimos para MPE
PorRedação
jogos 7 anosAtualização
Compartilhe

O presidente do Sebrae, Décio Lima, esteve reunido nesta quinta-feira (18), com o vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin. Na pauta do encontro estavam o programa Brasil Mais Produtivo, que tem como objetivo aumentar o nível de produtividade e competitividade dos pequenos negócios e o programa que o Sebrae e o governo federal devem lançar em breve para ampliar o acesso das micro e pequenas empresas ao crédito.

Segundo Décio Lima o Sebrae está unindo forças com o governo, bancos públicos e privados, BNDES e com a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) para viabilizar a concessão de R$ 30 bilhões em crédito aos pequenos negócios nos próximos três anos. “Estamos, juntamente com o vice-presidente Geraldo Alckmin e com o ministro Márcio França desenhando o lançamento dessa nova política de crédito que nasce já com um fundo garantidor que vai permitir, sobretudo, minimizar a dificuldade natural pela qual passam o micro e pequeno empresário na sua tentativa de conseguir empréstimos no sistema financeiro”, comenta Décio.

Quanto ao programa Brasil Mais Produtivo, o presidente do Sebrae lembra que a iniciativa é composta por duas modalidades: o ALI Produtividade, que é focado no aumento da produtividade por meio da inovação e o ALI Transformação Digital, focado na adoção de ferramentas tecnológicas para a gestão do pequeno negócio. “Um Agente Local de Inovação acompanha a empresa e aplica uma metodologia em 8 etapas. Com isso, facilita o processo de mapeamento de problemas e implementação de uma solução, seja por meio da prototipagem de uma solução inovadora ou por meio da aquisição de uma ferramenta digital”, explica.

As 23 mil empresas que concluíram a jornada do último ciclo do ALI Produtividade (primeiro semestre de 2023), por exemplo, tiveram, em média, um aumento de 24,8% em produtividade e de 11,1% de faturamento. As empresas interessadas em ampliar sua produtividade e competitividade já podem se inscrever para participar do novo ciclo do Programa. Para se inscrever, clique aqui.

  • ALI Produtividade
  • Crédito