2022 jogos
Compartilhe

Vencedores do 10º Prêmio Sebrae de Jornalismo são recepcionados na sede do Sebrae Bahia

Solenidade de premiação contou com a presença da diretoria executiva da instituição e equipes ganhadoras
PorRedação
2022 jogos
Compartilhe

Os vencedores da 10ª edição do Prêmio Sebrae de Jornalismo, etapa Bahia, foram recebidos pela diretoria executiva do Sebrae Bahia, na sede da instituição em Salvador, na manhã desta terça-feira (29), para um café da manhã para a entrega dos troféus e outros prêmios da iniciativa.

A solenidade contou com a presença do superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, do diretor-técnico, Franklin Santos, e do assessor Jones Carvalho, representante do diretor de Administração e Finanças, Victor Lopes, além do gerente de Marketing e Comunicação da entidade, Marcos Araújo, e do coordenador da 2022 jogos, Pedro Soledade.

O Sebrae Bahia recebeu os vencedores do Prêmio Sebrae de Jornalismo. Foto Darío G. Neto/ASN BA.

Em seu discurso de boas-vindas, Khoury parabenizou os vencedores e afirmou que o PSJ e o encontro desta manhã se devem ao reconhecimento da importância dos jornalistas para o trabalho desenvolvido pelo Sebrae. “O trabalho de divulgar o que está sendo feito é tão importante quanto fazer as coisas acontecerem. Tem muita gente que precisa do trabalho do Sebrae, as micro e pequenas empresas, principalmente, e, muitas vezes, elas desconhecem as possibilidades de acesso, mas ficamos contentes de poder contar com vocês para fazer chegar as informações aos pequenos negócios, para aqueles que têm mais dificuldade da informação, mais carência do nosso trabalho”, reconheceu.

Segundo o diretor Franklin Santos, foi uma felicidade receber os premiados na sede do Sebrae. “Essa é a casa do empreendedor, a casa do micro e pequeno empresário e a gente não seria, com certeza, a sexta marca mais importante do Brasil se não fosse a ajuda, a contribuição e a colaboração de todos vocês da imprensa com o Sebrae e com todos nós que tentamos fazer esse trabalho de promover o empreendedorismo e fazer com que as empresas sejam mais competitivas e mais sustentáveis”, reconheceu Franklin. E completou: “Estamos torcendo por vocês nas etapas que virão e na expectativa de poder fazer uma grande festa pro premiado baiano que vai ganhar a etapa nacional”.

Já o assessor Jones Carvalho ressaltou que a realização do Prêmio Sebrae de Jornalismo vai além do objetivo de reforçar o trabalho dos jornalistas, tem o intuito também de dar visibilidade para o que está sendo dito. “As notícias são fundamentais para a democracia no sentido de falar da liberdade de expressão, mas é mais do que isso. Quando se divulga alguma coisa de um empreendedor, a gente mostra para as pessoas que existe um caminho, um caminho para que elas vivam melhor”, enfatizou.

A solenidade também contou com a participação da comissão julgadora do 10º PSJ, na presença das juradas Jaciara Santos, diretora de Comunicação da Associação Bahiana de Imprensa (ABI); e de Isabel Ribeiro, gerente-adjunta de Gestão Estratégica do Sebrae Bahia.

Premiados

O tema do PSJ este ano é “A contribuição dos pequenos negócios para o desenvolvimento econômico e social do país” e destaca a importância dos trabalhos de profissionais de imprensa que contribuem para o fortalecimento do empreendedorismo no Brasil. Ao todo, 85 matérias concorreram nas categorias texto, áudio, vídeo e fotografia, sendo 40 classificadas e 12 finalistas.

Foto Darío G. Neto/ASN BA.

Na categoria Áudio, a matéria vencedora foi da Rádio Alba, intitulada “A contribuição dos pequenos negócios para o desenvolvimento econômico e social do país”. A representante do trabalho, Aline Damazio, agradeceu pela premiação e reconheceu que o trabalho jornalístico é feito por muitas mãos. “Ninguém faz nada sozinho, cada um tem o seu papel super importante, a contribuição de cada um para que você tenha um trabalho tão bonito. Ao final, as pessoas que deram entrevista falam ‘ficou tão diferente de quando você veio aqui, sou eu mesma?’ e esse é o mais importante, é fazer as histórias brilharem”, concluiu.

Foto Darío G. Neto/ASN Ba. 

Já na categoria Texto, a vencedora foi a matéria do Portal A Tarde “Empreendedoras Negras revelam novos olhares sobre a beleza feminina”, assinada pela jornalista Thaís Seixas, que é tricampeã do prêmio. A jornalista ainda ficou em segundo lugar em Áudio, categoria em que também já venceu nas duas últimas edições. “Foi mais um desafio tentar concorrer com texto e deu certo. É importante e foi bom para mim participar com uma matéria que fala sobre o trabalho de empreendedoras negras, em um ano em que as juradas e as representantes dos vencedores são todas mulheres. Que bom poder contar a história de mulheres com as quais eu tive contato e continuarei tendo”, afirmou a jornalista, que pontuou que o prêmio já entrou no calendário de produção dos veículos por incentivar a categoria a ir em busca de novas histórias.

Foto Darío G. Neto/ASN Ba. 

Na categoria Foto, o primeiro e o segundo lugares ficaram com Ana Albuquerque, pela matéria “Mangueira, um pedaço da Bahia”, publicada no Correio 24 Horas. Estreante no prêmio e recém-chegada na área de fotojornalismo, Ana ficou feliz por ter seu trabalho reconhecido. “Decidi entrar nessa área de repórter fotográfico há um ano e estar aqui hoje, campeã em primeiro e segundo lugares, é muita felicidade, muita emoção” expressou. Ana ainda complementou afirmando ser a terceira mulher da sua família que também empreende. “A gente vem caminhando com a ajuda do Sebrae”, concluiu.

Foto Darío G. Neto/ASN BA.

A categoria vídeo teve como vencedora a matéria “Amora Brinquedos: empreendedorismo social de inclusão com bonecas antirracistas”, do grupo A Tarde. A matéria foi uma produção do A Tarde Play, núcleo de produção de vídeo do grupo A Tarde, estruturado há menos de um ano. Emocionada, a representante do trabalho, Laís Rocha, expressou que “são inúmeros os desafios em trabalhar com jornalismo e com o audiovisual, mas o amor pela profissão, pelo jornalismo profissional, e a credibilidade de trabalhar no grupo A Tarde, um veículo de 110 anos, compensam”.

Os primeiros colocados das respectivas categorias receberam troféu, um aparelho celular iPhone 14 e certificado pelo desempenho na competição. A vitória da etapa Bahia garante aos quatro vencedores do estado concorrerem na etapa regional Nordeste, que garantirá ao vencedor disputar o prêmio nacional.

Confira os demais trabalhos vencedores:

Categoria Áudio

1º lugar – “A contribuição dos pequenos negócios para o desenvolvimento econômico e social do país” (Rádio Alba)

2º lugar – “Cooperativas fomentam a produção e levam o café da Bahia para o mundo” (Rádio Educadora da Bahia)

3º lugar – “Afroempreendedorismo em Salvador” (Rádio BandNews FM)

Categoria Texto

1º lugar – Thaís Seixas: “Empreendedoras negras revelam novos olhares sobre a beleza feminina” (Portal A Tarde)

2º lugar – Bruna Castelo Branco Araújo: “Delícias de caboto: projeto uniu mulheres em situação de vulnerabilidade na pandemia” (Aratu Online)

3º lugar – Priscila Natividade: “A onda é prateada” (Jornal Correio)

Categoria Foto

1º lugar – Ana Albuquerque: “Mangueira, um pedaço da Bahia” (Correio 24 horas)

2º lugar – Ana Albuquerque: “Brechó, uma sentença de sucesso” (Correio 24 horas)

3º lugar – Marina Silva: “Mulheres que levam a Gamboa de baixo para cima” (Jornal Correio)

Categoria Vídeo

1º lugar – “Amora Brinquedos: empreendedorismo social de inclusão com bonecas antirracistas” (Grupo A Tarde)

2º lugar – “Afroempreendedorismo e resistência (TV Bahia)

3º lugar –“Jovem transforma vidas com música, moda e arte em Salvador” (TV Aratu)

  • PSJ; Prêmio Sebrae de Jornalismo