ívelt gaming monitor
Compartilhe

Sebrae premia jornalistas no Paraná

Fase estadual do 9º Prêmio Sebrae de Jornalismo foi divulgada na sede do Sebrae/PR, em Curitiba; neste ano, foram 73 trabalhos foram inscritos
PorDa Redação
ívelt gaming monitor
Compartilhe

Na manhã desta quarta-feira (05), foram conhecidos, os vencedores do 9º Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ), etapa estadual. Na categoria Jornalismo em Texto, a vencedora foi a série “O Brasil que inspira”, da Gazeta do Povo. Em Jornalismo em Vídeo, as reportagens com o tema “O que vem da feira, vende: feirantes se mantêm fortes com ideias de inovação”, produzidas pela RIC Record TV Maringá, conquistaram o primeiro lugar. E, em Jornalismo em Áudio, a vencedora foi a série “A Força do Empreender – Transformando dificuldades em oportunidades”, desenvolvida pela Rádio Educativa FM.

A celebração ocorreu no Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa (5 de outubro) e afirma os esforços do Sebrae em valorizar o papel da imprensa no fortalecimento e visibilidade do empreendedorismo e dos pequenos negócios. Nesta edição, o PSJ teve como tema “A importância dos pequenos negócios para a economia do país”.

Realizada pela primeira vez no Paraná, a etapa estadual contou com 73 trabalhos inscritos, sendo 49 classificados para a fase de avaliação do júri nas quatro categorias: Áudio, Foto, Texto e Vídeo. Desses, nove trabalhos de sete veículos de comunicação foram classificados para a final. A categoria de Fotojornalismo contou com um trabalho inscrito, que não foi classificado. Em todo o Brasil, foram 1.141 inscrições.

“Quero agradecer a todos os jornalistas que se inscreveram em nossa primeira etapa no Paraná. As informações, notícias, são os produtos do Jornalismo e é importante colocar os pequenos negócios em posição de destaque”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta.

O júri da etapa estadual contou com a participação voluntária das profissionais das áreas de Jornalismo e Comunicação: Tatiana Bilhar, professora no Centro Universitário Fundação Assis Gurgacz; Gisele Rech, jornalista, docente e Ph.D. em Comunicação e doutora em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp); e Danielle Popilnicki Tomasi, consultora do Sebrae/PR na Unidade de Comunicação e Marketing (UMC).

A cerimônia de premiação foi realizada na sede do Sebrae/PR, em Curitiba. As equipes vencedoras receberam um notebook cada, certificado e cesta com produtos típicos do Paraná, que possuem o Selo de Indicação Geográfica ou fazem parte do Fórum Origens Paraná.

Ainda estiveram presentes durante o evento, o presidente da Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais (Conampe), Ercílio Santinoni; o diretor de Operações do Sebrae/PR, Julio Cezar Agostini; o diretor de Administração e Finanças do Sebrae/PR, José Gava Neto; a gerente da Unidade de Comunicação e Marketing, Fabiola Negrão; o presidente do Sindijor PR e vice-presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Célio Martins; o diretor da Associação dos Jornais e Portais do Paraná (ADI PR), Ricardo Mitugi Takiguti; e Ticiana Pfeiffer, representante da Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp).

Categoria Jornalismo em Texto

Diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta, ao lado da jornalista vencedora Rosana Felix. Foto: Inove.

Produzida pela Gazeta do Povo, a série de reportagens “O Brasil que inspira” foi a vencedora. Os materiais apresentam histórias de coragem, criatividade e perseverança de empreendedores que, em meio à pandemia, inovaram e encontraram novas formas de trabalhar.

“É importante ter esse apoio à nossa profissão, à sociedade. É maravilhoso poder contar boas histórias e por isso agradeço ao Sebrae. A nossa matéria relatou as dificuldades da pandemia e da busca pelo aprendizado, em diferentes segmentos da economia. É marcante como o Sebrae aparece nas entrevistas. As pessoas trazem isso, sejam cursos, aprendizados ou na busca pela ajuda”, celebra a representante do trabalho, Rosana Felix.

Em segundo lugar, ficou o trabalho “Empresários descobrem na tecnologia formas de driblar os aumentos de preços”, veiculado pelo RIC Mais e elaborado por Giselle Ulbrich. Produzido por Rafael Torquato, da Banda B, o trabalho “Superação: pequenos comércios de bairro aquecem economia de Curitiba frente à crise” completou o pódio da categoria.

Categoria Jornalismo em Vídeo

Diretor de Operações do Sebrae/PR, Julio Cezar Agostini, ao lado do jornalista representante da equipe vencedora, Bruno Gerhard. Foto: Inove.

A série “O que vem da feira, vende: feirantes se mantêm fortes com ideias de inovação” foi desenvolvida pela RIC Record TV Maringá e conquistou o primeiro lugar na categoria. As matérias trazem a história de feirantes, com foco na inovação e na expansão dos negócios. As reportagens foram produzidas por Bruno Gerhard, Diego José de Lima, Letícia Maria Ribeiro da Silva e Rosângela Cristini Gris.

“Ninguém faz nada sozinho e esse troféu é de todos nós. Quero agradecer ao Sebrae pela oportunidade, aos jurados pela escolha, ao Grupo Ric, mas principalmente a equipe que trabalhou nesse material. Os comerciantes das feiras foram nossos personagens. Hoje, eles precisaram se reinventar, colocar os produtos no meio digital e se adaptar a esse mundo novo”, afirma o repórter, Bruno Gerhard.

Também foram contemplados outros dois trabalhos. Com o tema “Curitiba: berço de startups de sucesso”, a TV Iguaçu/Rede Massa conquistou o segundo lugar. A equipe foi composta por Gabriel Machado, Luanne Camargo, Rodrigo Silva e Vinícius Rangel.

O terceiro lugar é da série “Juntos para Empreender”, exibida pela RIC TV / Record TV, com reportagens produzidas pelos integrantes Dionei Santos, Edilson Romanini, Luca Marconsoni dos Santos, Nilson Machado e Vanessa Fontanella.

Categoria Jornalismo em Áudio

Diretor de Administração e Finanças do Sebrae/PR, José Gava Neto, ao lado da equipe vencedora da Rádio Educativa FM. Foto: Inove.

De Curitiba, a Rádio Educativa FM conquistou o primeiro lugar da categoria com a série “A Força do Empreender – Transformando dificuldades em oportunidades“. As reportagens apresentaram histórias inspiradoras de empreendedores que precisaram se reinventar por conta da pandemia de Covid-19. Além disso, as matérias também mostraram a importância das micro e pequenas empresas na geração de novos postos de trabalho.

A reportagem foi realizada por Vinicius Carrasco, com produção e edição de Janiele Delquiqui e Juliana Capobianco e trabalhos técnicos de Joaci Santos.

“A retomada da economia foi o que nos motivou na produção. A nossa intenção era de mostrar pessoas que mudaram de setores e fomos em busca de pessoas com novas ideias de negócios. É muito gratificante receber esse prêmio”, comemora a representante do trabalho, Janiele Delquiqui.

Ainda entre os finalistas da categoria, a CBN Ponta Grossa conquistou o segundo lugar. O trabalho foi desenvolvido pelo jornalista Thailan de Pauli Jaros e possui o tema “Número de startups cresce em Ponta Grossa, aponta levantamento”.

A reportagem “Empreendedorismo fortalece a retomada econômica no Paraná” ficou em terceiro lugar. Elaborado pela jornalista Lorena Pelanda, o material foi desenvolvido e veiculado pela Rádio BandNews FM Curitiba.

Demais categorias

Os trabalhos inscritos nos prêmios especiais de Jornalista Revelação, Jornalista Empreendedor e Jornalista Influenciador Digital concorrem diretamente na etapa nacional. Os finalistas serão anunciados próximo à data da cerimônia de premiação nacional.

Empresas paranaenses

Empreendedores e empreendedoras paranaenses são homenageados durante cerimônia. Foto: Inove.

Durante o evento, seis pequenas empresas paranaenses que estão o livro que conta a história dos 50 anos do Sebrae, receberam a publicação. São elas Rose Bezercry, da Cativa Natureza; Juliana e Mariza Treis, da Chá e Arte; José Luiz Fernandes, da Essência da España; Bruna Soares, Elicéia Baggio e Gislaine Queiróz, da Única Entrega; Maria Lopes Bonamigo, do Restaurante Jeito Mineiro; e Andréa Sutil, da Sutil Turismo.

Sobre o Sebrae 50+50

Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema “Construir o futuro é fazer história”. Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.

  • Aprendizado
  • Canais
  • Cuidado
  • Dia a dia
  • Diversão
  • Documentários
  • Emocional
  • Entretenimento
  • Equipe
  • Filmes
  • Indicações
  • Influenciadores
  • Listas
  • Livros
  • Marca pessoal
  • Networking
  • PSJ; Prêmio Sebrae de Jornalismo
  • Recursos Humanos
  • Séries
  • Técnicas
  • Televisão
  • Vida