unibet
Compartilhe

Empresa alia estudo científico ao conhecimento de comunidades tradicionais no Pará

A iniciativa Deveras Amazônia participou da websérie do Sebrae sobre o programa Inova Amazônia
PorDa Redação
unibet
Compartilhe

Transformar produtos nativos da região Amazônica em geleias, conservas e licores. Esse é o mercado da Deveras Amazônia, empresa paraense que participa da websérie Inova Amazônia, do Sebrae Nacional. A iniciativa conta com o trabalho científico dos fundadores e do conhecimento de agricultores familiares e comunidades tradicionais parceiras.

“Sempre utilizamos o tripé composto por ciência, comunidade e empreendedorismo para fomentar a bioeconomia”, ressalta Valéria Mourão, CEO da Empresa. “Além do aspecto financeiro, a Deveras tem o diferencial do estudo científico para padronizar e melhorar a cadeia dos insumos em que a gente trabalha”, completa Valéria.

Além da história da empresa Deveras Amazônia, a websérie destaca a participação de outras sete iniciativas no Inova Amazônia. São elas: Meu Pé de Árvore, Gin Luar, Bio6, Acmella, D’Amazônia, Biotech Mudas e Hylaea.

Inova Amazônia

É um programa de geração e desenvolvimento de negócios da bioeconomia na Amazônia que visa fomentar o crescimento econômico com inovação, sempre em harmonia com a natureza. Uma iniciativa que busca potencializar o empreendedorismo na Amazônia Legal a partir da bioeconomia, reunindo o que há de mais inovador e atuando para promover o desenvolvimento territorial.

Assim, o Sebrae espera estimular os empreendimentos e novos negócios a pesquisar e utilizar, conscientemente, a biodiversidade. Esse incentivo significa juntar ciência e tecnologia para a geração de negócios que buscam o lucro, mas respeitando a natureza e os recursos naturais.

“Nós somos da área acadêmica e não tínhamos nenhum conhecimento sobre empreender. Foi aí que procuramos o Sebrae e participamos do Inova Amazônia. O Sebrae nos ajudou a criar conexão com o mercado”, comenta Valéria. “Estamos cheios de planos de desenvolver a Deveras ainda mais e leva-lo para o Brasil e o mundo, trazendo mais desenvolvimento para a região”, conclui.

  • Bioeconomia
  • desenvolvimento sustentável
  • Inova Amazônia
  • Sustentabilidade
  • websérie